terça-feira, 12 de agosto de 2008

Beleza pessoal.

Vou postar aqui uma pequena comparação entre o amplificador Avionix NXA 600.4 e o MTX Thunder 895 que fiz no autoforum.com.br, fórum de som automotivo que participo.

Avionixx
4x60RMS em 4ohms (THD < 0,05%)
4x80RMS em 2ohms (THD < 0,5%)

2x80RMS em 2ohms (THD < 0,5%)
2x160RMS em 4ohms (THD < 0,5%)

Signal to Noise Ratio >- 90dBa
Damping Factor >250
Frequency Response 15Hz - 30Khz
Cortes High Pass: 40-240Hz 12db
Cortes Low Pass: 40-240Hz 12db

MTX
12.5 VDC
4x70RMS + 1x320 em 2ohms
4x35RMS + 1x160 em 4ohms
Bridged 4 Ohm Load 2x140RMS

14.4 VDC
4x100RMS + 1x490RMS em 2ohms
4x50RMS + 1x245 em 4ohms
Bridged 4 Ohm Load 2x200RMS

O certificado aprova 727RMS totais, Signal to Noise Ratio 99dB e THD de 0,125%

Hi Pass @ 85Hz - Front/Rear, Fixed, Defeatable
Low Pass @ 85Hz - Sub Channel Fixed
Thunder EQ
EBC2 Port - Controle de sub remoto (eu tenho huhuhu)

Comparação

Primeiro eu estava acostumado com o Avionixx, tocando apenas um par de full-range. Estava bastante satisfeito, e até era a minha opção para participar da IASCA.
Mas surgiu uma oportunidade e acabei vendendo meu set de graves, sobrando apenas o avionixx + player e cabeamentos.

Peguei emprestado do _PuNcH_ (eduardo) um MTX de 10" T81044A (modelo antigo) numa caixa que o manual pede.

A primeira vez que instalei o sub estava com o ganho do player no -10 e o mesmo ficou até semana passada.
Ai resolvi ver testar o grave/spl do bixinho, e fiquei bastante satisfeito.

Teoricamente eu estou mandando 80rms pro Thunder, que possui 400rms. O bruder aqui do fórum pode comentar depois o que ele escutou wink.gif

Sempre utilizando o módulo flat, ganho regulado por ouvido.

O Avionixx é um módulo muito bom mesmo, um achado do tatuonline, ele possui um som, principalmente para sub, levemente macio, estendido e muito bem controlado.

Também tem uma puxadinha nos agudos, o que faz com que mesmo eu utilizando apenas fulls-ranges posso manter meu EQ em flat, que esta puxadinha do avionixx dá um jeito e meus ouvidos acostumaram assim.

Eu não pude testar muito bem os mids neste avionixx, mas pelo pouco que escutei, acho que ele toca bem, mas com pouco menos de attack que o meu antigo RF 400.4.

Avionixx, ótimo módulo. Bom consumo, e toca um grave absurdamente bem. Talvez o sub ajude um pouco, pois suas características/parametros são muito boas.

Hoje eu instalei o MTX, apenas para testes. O MTX foi comprado do user RiQuati que o tinha desde novo.

Fiz a instalação dele utilizando os mesmos cabos do Avionixx.

Inicialmente já de cara eu senti falta da puxadinha nos agudos do Avionixx mas os fulls apresentaram uma gama de frequencias baixas com mais clareza. Basicamente os fulls desceram mais e distorceram menos.
Eu não sei quanto tempo os fulls agüentam tocando naquela potência, mas fiquei bem satisfeito também, tendo que apenas dar um grau de +2 em 4Khz.

O sub tocou praticamente igual ao Avionixx quando o ganho estava baixo, parecia até o mesmo módulo. Mas quando eu aumentei o ganho fiquei espantado com o que uma dupla de MTX é capaz de fazer, principalmente por ser um sub de 10".

O MTX tem basicamente a mesma qualidade nos graves que o Avionixx. Claro que o MTX possui mais potência, e você sente o nariz coçar rapidinho, mas em volumes moderados, NESTE SUB, a diferenca entre se aplicar 80 ou 140rms é mínima.

Já em volume alto, o MTX rende um pouco mais.

Eu não pude comprar palco, ambiência e outros detalhes pois não tinha muito tempo.

Basicamente eu quero fazer um 3-way com o MTX. Amplificando separadamente o MID e TW+Full.

Fiz este tópico pois os amplificadores Avionixx são desconhecidos, aqui do fórum creio que apenas o tatuonline (de quem eu comprei o meu) e o bruder (que ouviu o módulo tocando) sabem quão bom eles são.

Gostei muito do MTX, era meu próximo passo no som automotivo, ter um módulo de 5 canais pra tocar o sistema inteiro.

Aaaa, esqueci de falar do consumo. Aparentemente o MTX consome menos bateria que o Avionixx. O Avionixx tem uma escrita de High Current (alta corrente), talvez por isto o consumo seja maior.
Eu digo aparentemente pois, quando mostrei o som para o bruder, a tensão caía para 11.2 nos graves mais reforçados. Com o MTX a tensão não baixava dos 11.8.
Quando mostrei o Avionixx o carro tinha ficado parado a tarde toda, quando testei o MTX tinha acabado de chegar em casa, com bateria cheia.

É isto, espero que ajude no futuro, caso os Avionixx venham a fazer sucesso por aqui.


FOTOS




Nenhum comentário: